Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ESTA SEXTA-FEIRA, 11 DE MARÇO, COM A PRESENÇA DO MINISTRO DAS OBRAS PÚBLICAS

Lançamento do concurso público internacional da empreitada para ampliação do Molhe Norte e aprofundamento do canal de navegação do Porto de Aveiro

Esta sexta-feira vai proceder-se ao lançamento do concurso público internacional da empreitada para ampliação do Molhe Norte e aprofundamento do canal de navegação do Porto de Aveiro.

A cerimónia, a decorrer no Hotel de Ílhavo, será presidida pelo Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça.

As obras estão orçadas em 35 milhões de euros, sendo o investimento financiado através de fundos comunitários, do orçamento do Porto de Aveiro e de verbas do Estado. 
 
O projecto da “Reconfiguração da Barra do Porto de Aveiro” tem por objectivo a obtenção de uma configuração para a Barra do Porto de Aveiro e do canal exterior de navegação (canal de aproximação) que permita a melhoria das condições de navegação na zona da barra. Esta nova configuração da barra deverá, assim, permitir o tráfego, em condições de segurança e, tanto quanto possível, sem limitações de maré ou meteorológicas, de navios de maior dimensão do que os actuais, ou seja, deverá permitir o tráfego de navios com um comprimento até 200 m e um calado de 10,5 m.

A solução definida a nível de Estudo Prévio e posteriormente desenvolvida no subsequente Projecto de Execução de base desta empreitada, inclui as seguintes obras e intervenções:

- Prolongamento do molhe numa extensão de 200 m, segundo o alinhamento do troço final da obra existente.

- Definição de um novo canal de navegação, com uma ligeira rotação para sul relativamente ao actual alinhamento, com uma largura de rasto de 200m e uma cota de serviço de -12,50 m (ZH).

- Dragagem de um canal com as mesmas características do anterior na zona de aproximação, exteriormente aos molhes. Este canal, com um alinhamento de 060º/240º, será acrescido de faixas de segurança de 50 m para cada um dos lados, devendo ser dragado à cota -13,20 m (ZH) para garantir uma cota de serviço de -12,50 m (ZH);

- Assinalamento marítimo para o novo enfiamento de entradas e saídas de navios;

- Trabalhos complementares no corpo do molhe central e reconfigurações em retenções marginais ao longo do canal principal de navegação.

- Deposição dos dragados em zonas de praia submersa compreendidas entre o Molhe Sul e o 1.º esporão e, ainda, entre os 3º e 5º esporões da Costa Nova.

“Trata-se da última grande obra que fecha um conjunto significativo de investimentos realizados nos últimos dez anos no Porto de Aveiro” – afirma o Presidente da APA, S.A.).
Esse conjunto de investimentos “compreendeu os novos terminais do porto, o fecho da via de cintura portuária e a ligação ferroviária ao Porto de Aveiro” – acrescenta José Luís Cacho, considerando a obra a lançar sexta-feira “um projecto fundamental para a viabilização de todos os investimentos já realizados”.
 







Artigos relacionados: