Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE LEIXÕES QUEBRA RECORDES DE MOVIMENTAÇÃO DE MERCADORIAS EM JANEIRO

Mercadoria exportada registou um crescimento de 60% em relação a 2010

O Porto de Leixões teve em Janeiro de 2011 um dos melhores meses da sua história, batendo o recorde de movimentação em vários segmentos de mercadorias. Mais de 1,4 milhões de toneladas de mercadoria passaram por Leixões no primeiro mês deste ano, 320 mil toneladas mais (29%) do que em Janeiro de 2010.

Este crescimento do volume de mercadoria movimentada foi essencialmente alicerçado no aumento de 60% da mercadoria exportada a partir de Leixões. Tendo em conta que as contas de Janeiro de 2011 registaram um aumento de 66% nas exportações para países não comunitários e de 54% para países da União Europeia, este valor vem confirmar a tendência de crescimento da carga exportada a partir de Leixões.

No que diz respeito ao tipo de mercadoria movimentada, o melhor mês de Janeiro da história do Porto de Leixões ficou a dever-se especialmente ao aumento do volume de granéis sólidos (milho, trigo, cimento, aparas de madeira, entre outros) movimentados, que quadruplicou. Também a carga contentorizada beneficiou de um crescimento de 23% em relação a Janeiro do ano passado, tendo chegado perto das 450 mil toneladas.