Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

IPTM acaba de lançar concurso para a construção do porto de pesca de Tavira

O Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos (IPTM) já lançou o concurso público para a empreitada de construção do porto de pesca de Tavira. O concurso foi publicado esta quarta-feira em Diário da República. A construção ronda os dez milhões de euros.

Para a autarquia tavirense, trata-se de “uma obra prioritária na estratégia do município de concretizar a vontade de virar a cidade para o rio e para o mar”. O prazo de execução da nova infraestrutura é de três anos.

O novo Porto de Pesca ficará localizado na margem direita do Rio Gilão, junto ao Mercado Municipal e à Ponte dos Descobrimentos, e ocupará uma área de 4,8 hectares. Terá capacidade para 72 embarcações, de 12 a 18 metros, e para mais 10 pequenas embarcações.

A estrutura contempla ainda estaleiro, armazéns para os utensílios dos pescadores, armazéns para comerciantes, lota, edifício administrativo, rampa varadouro e posto de abastecimento de combustíveis.

No âmbito desta empreitada está ainda prevista a dragagem do Rio Gilão, a alteração da via de acesso às Quatro-Águas e um cais para actividades marítimo-turísticas e carreiras fluviais regulares entre Tavira e a Ilha de Tavira.

FONTE: JORNAL DO ALGARVE