Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

2011

Porto de Leixões baixa taxas para a exportação de mercadorias

No próximo ano, as exportações nacionais feitas a partir do Porto de Leixões serão mais económicas. A Administração dos Portos do Douro e Leixões (APDL) decidiu reduzir todas as taxas para embarque de mercadorias em Leixões num valor médio de 4% e manter os actuais valores das taxas de desembarque de mercadorias.

Numa medida que pretende contrariar os efeitos da crise económica e reforçar a competitividade do Porto de Leixões e das empresas exportadoras a operar em Portugal, as taxas de carga e descarga de todas as categorias de mercadorias não vão sofrer o aumento da inflação, sofrendo antes uma descida significativa de preço em muitas delas.

Assim, tal como pode comprovar vendo as tabelas [formato jpg] [formato pdf], o embarque de granéis, veículos, contentores e carga geral no Porto de Leixões vai ser 4% mais barato, em média, durante o ano de 2011. Mas no caso dos granéis agro-alimentares, a descida de valores das taxas de carga e descarga chega mesmo aos 50%.

Para esta categoria de carga, a Taxa de Utilização do Porto Carga tem agora o valor de 0,2400 € por tonelada na descarga e de 0,1560 € por tonelada na carga, enquanto a TUP Navio fica agora nos 0,3000 €/GT no primeiro período de 24 horas e de 0, 0627 €/GT nos dias seguintes. Assim, o transportador marítimo pagará mais taxas ao Porto, enquanto os importadores de granéis agro-alimentares verão os seus custos reduzidos a metade.

Com esta alteração do seu regulamento de tarifas, o Porto de Leixões pretende aumentar a sua competitividade no segmento de granéis agro-alimentares ao passar ao agente que toma a decisão sobre a cadeia logística a seleccionar – o cliente – o maior benefício desta alteração de custos.