Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Investimento de 700 milhões de euros

Galp escolhe Porto de Setúbal para Nova Unidade de Processamento de Lítio

A GALP, em parceria com a Northvolt, escolheu Setúbal para a localização da sua nova unidade de processamento de lítio, no contexto da cadeia de abastecimento de produção de baterias para veículos, telemóveis e outros equipamentos, um importante investimento de 700 milhões euros que irá criar 200 novos empregos diretos altamente qualificados e 1300 postos de trabalho indiretos.

A localização selecionada beneficia da integração com o Porto de Setúbal que dispõe de todas as condições para a movimentação de cargas associadas a esta unidade produtiva, nomeadamente com a utilização dos terminais de serviço público existentes no porto.

A unidade receberá cerca de 200 mil toneladas por ano de concentrado de espodumena por via marítima, a que acrescem mais de 110 mil toneladas de outros componentes, estimando exportar 25 mil toneladas de lítio processado para os fabricantes internacionais de cátodos de baterias e mais 260 mil toneladas de subprodutos.

Este projeto beneficiará ainda das privilegiadas condições oferecidas pela região, nomeadamente de mão-de-obra qualificada, da proximidade ao Aeroporto de Lisboa e da proximidade de outras unidades industriais que beneficiarão do contexto da economia circular.

A GALP prevê a candidatura do projeto para financiamento no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), com uma taxa de financiamento de 15%.