Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Setúbal, Ocean Alive, RNES e Capitania recuperam pradaria marinha no Sado

Numa acção conjunta da APSS, da Ocean Alive, da RNES e da Capitania do Porto de Setúbal, foi removido um cabo submerso com cerca de 200 metros, que servia de base à ancoragem de embarcações, na zona de Soltróia, no rio Sado.

O cabo, instalado há vários anos, acabou por entrar em contacto com uma pradaria marinha em fase de desenvolvimento, o que levou à sua remoção.

A intervenção ontem realizada [9 de fevereiro], constou de 3 fases de mergulho. A primeira para remover cavalos-marinhos do cabo e proceder à sua contagem, bem como remover outros seres marinhos de maiores dimensões, a segunda para retirar o cabo para terra e, finalmente, a terceira para devolver os cavalos-marinhos ao seu meio, colocando-os na pradaria de onde foram retirados.

A qualificação destas infraestruturas de atracagem temporária no Estuário do Sado, bem como a sua integração com a envolvente natural, corresponde a um esforço da APSS, com o apoio de vários parceiros.

Este tipo de operações enquadra-se na política de sustentabilidade ambiental preconizada para o Porto de Setúbal, que foi o primeiro porto ibérico a receber a certificação ECOPORT, pela ESPO - European Sea Ports Organisation, para além de promoverem o reforço da ligação entre o porto, a cidade e a sua população, bem como a defesa do rio Sado.