Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Leixões apresenta o primeiro camião eléctrico na operação portuária

A APDL apresentou esta segunda-feira o Eco-Truck, o primeiro camião eléctrico que será usado diariamente na operação do Porto de Leixões e que é mais um passo no sentido da descarbonização da sua actividade.

O projecto do Eco-Truck enquadra-se no âmbito do Roadmap para a Descarbonização e Transição Energética com vista à neutralidade carbónica até 2035, dando sequência ao Plano Operacional de Sustentabilidade da APDL, que alicerça um conjunto de medidas com o objetivo da redução da pegada ambiental da actividade portuária.

Na sua intervenção, Nuno Araújo, Presidente da APDL, referiu que “Hoje não é apenas mais um dia. É um dia a menos para alcançar um futuro melhor para o Porto de Leixões, Matosinhos e Portugal. E é tempo de estarmos unidos pelo progresso e comprometidos com o futuro de todos. Com o futuro de Leixões e o futuro do planeta.”

A Presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro referiu “O transporte é, em conjunto com o agroalimentar, o determinante mais decisivo nos objetivos de desenvolvimento sustentável com os quais estamos comprometidos. Não é sequer compaginável diminuir emissões de carbono sem uma profunda alteração do modelo de logística, ainda assente em transporte altamente intensivo em combustíveis fósseis, revestindo-se esta ação do Roteiro de Descarbonização da APDL de particular simbolismo para a comunidade. "

Refira-se que a APDL está a reconfigurar a mobilidade rodoviária associada ao porto, quer de veículos pesados, quer de ligeiros, como forma de reduzir as emissões poluentes. Lembramos que no início do ano foi interdita a circulação de viaturas pesadas EURO I, II, III e IV e que foi assinado um protocolo que define as novas condições de acesso e trânsito de veículos ligeiros ao porto de Leixões a vigorar a partir de 2022.