Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

SÉRGIO RODRIGUES

Navalrocha navegou 2020 com «desempenhos fortes e consistentes»

O estaleiro português Navalrocha encontra-se a «intensificar» o seu trabalho com enfoque em «mercados-alvo», nos quais se incluem incluindo os sectores de Sistemas de Tratamento de Águas de Lastro (BWTS), navios de pesquisa e de rebocadores . A empresa lisboeta frisa que conta já com «uma sólida lista de projectos reservados para 2021».

«A Navalrocha está a manter desempenhos fortes e consistentes, tendo provado a sua resiliência ao longo de 2020, conquistando trabalhos com novos clientes e abrindo novos caminhos em mercados-alvo», declarou o director comercial da Navalrocha, citado pelo comunicado, ao qual tivemos acesso. Sérgio Rodrigues revelou que o segundo semestre de 2020 denotou um progresso contínuo, sustentado em trabalhos executados no arranque do ano.

Navalrocha continua «a ganhar balanço» mesmo em tempos de crise

«Embora os últimos 12 meses tenham trazido um conjunto único de desafios, o nosso estaleiro continuou a ganhar balanço, fazendo progressos significativos nos projectos de BWTS e nos sub-sectores de navios de pesquisa e rebocadores. Também mantivemos uma actividade forte e estável no nosso tradicional mercados, com crescimento no GLP, transportadores de produto e trabalhos de GNL em pequena escala», explicou.

Quais têm sido, então, os trunfos para o sucesso da Navalrocha em tempos de contracção? «As nossas taxas competitivas, tempos de resposta rápidos, confiabilidade e histórico de crescimento forneceram uma base sólida durante este período incerto. Enquanto isso, oportunidades únicas continuam a surgir, incluindo projectos para o sector de cruzeiros (que foi fortemente atingido), que está a usar este período para reformar e renovar frotas», detalhou Sérgio Rodrigues, afiançando que a empresa está a «abordar o futuro com optimismo cauteloso».

«Temos o prazer de reportar um grande volume de pedidos para os primeiros dois trimestres de 2021. A Navalrocha permanece firmemente aberta aos negócios – após uma revisão rigorosa das práticas de trabalho para garantir uma gestão completa e eficaz contra COVID-19 – priorizando a segurança de todos os funcionários e clientes», realçou o director comercial dos estaleiros.

fonte