Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Empreitada de Prolongamento do Quebra-Mar Exterior e das Acessibilidades Marítimas do Porto de Leixões

Contratualizada empreitada no valor de 130 milhões de euros

No âmbito do Plano de Investimentos previsto, a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) procedeu terça-feira, dia 15 de dezembro, à assinatura do contrato da Empreitada do Prolongamento do Quebra-Mar Exterior e das Acessibilidades Marítimas do Porto de Leixões, pelo montante de 130,2 milhões de euros.

A obra, imprescindível para que o Porto de Leixões mantenha a competitividade do tecido empresarial e industrial e, consequentemente, a preponderância na economia regional e nacional, tem prazo de execução de 30 meses e foi adjudicada ao consócio que integra as empresas Teixeira Duarte – Engenharia e Construções; Dredging International NV; e Tecnovia – Sociedade de Empreitadas.

Recorde-se que este projeto, viável do ponto de vista ambiental, é primordial para garantir as condições de segurança e navegabilidade no Porto de Leixões, uma vez que a dimensão média dos navios que procuram esta infraestrutura tem vindo a crescer (um aumento de 77% entre 2006 e 2018) e, sem estas intervenções, não estão garantidas as condições que permitam a entrada destas embarcações. Com este investimento, Leixões poderá receber mais de 70% da frota de navios mundial e continuar a servir o hinterland que abrange 14 milhões de habitantes.
 

VI CONGRESSO DA APLOP - FOLHEIE O SITE COM 131 FOTOS DO PASSEIO PELO TEJO