Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Embarcações marítimo-turísticas com novas condições no cais do Porto Moniz

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, visitou a intervenção, agora finalizada, de beneficiação no Cais do Porto Moniz, que vem permitir o melhoramento das condições de segurança e conforto no embarque e desembarque de passageiros dos barcos marítimo-turísticos.

A obra, da responsabilidade da Administração de Portos da Madeira – APRAM, consistiu na montagem de um passadiço no referido cais, através da instalação de guias metálicas com sistema de engate, que permitem que esta estrutura se adapte ao nível da maré.

Este passadiço é amovível e será retirado no fim da época da operação, de forma a salvaguardar a sua integridade durante o período de inverno, caracterizado por uma ondulação marítima mais forte e pela possibilidade de temporais, refere nota governamental.

De acordo com o vice-presidente, esta pequena intervenção, com um custo total de 35 mil euros, vinha sendo solicitada e é muito importante para as empresas turístico-marítimas que operam naquele concelho nortenho que, neste momento, são já quatro e continuam a aumentar.

Saliente-se, aliás, o aumento da procura por parte deste tipo de embarcações marítimo-turísticas para a utilização dos cais adstritos à APRAM, nos diferentes concelhos da Região, à qual o Governo Regional tem procurado corresponder, através da realização de diversas intervenções nas suas infraestruturas, contribuindo assim para a dinamização económica destes concelhos e para a sua valorização do ponto vista turístico, afirma o GR.

O Porto Moniz encontrava-se mais afastado deste tipo de actividade turística, sobretudo pela falta de condições. Com esta intervenção, a acessibilidade marítima das embarcações fica facilitada, promovendo o crescimento desta área de negócio e potenciando o turismo na costa norte.

Actualmente, a Madeira tem cerca de 75 entidades licenciadas nesta área de actividade, o que representa um volume de negócios entre os 6 e os 8 milhões de euros por ano e que empregam mais de 500 pessoas por toda a Região.

Durante esta visita, o vice-presidente reuniu-se com algumas forças vivas do concelho, por forma a verificar outros melhoramentos que podem ser realizados, nomeadamente no que se refere ao abastecimento de água e ao fornecimento de energia eléctrica às embarcações, bem como a conciliação de interesses com a própria Lota no que diz respeito ao reservatório de combustível e ao acesso, quer das actividades marítimo-turísticas, quer das embarcações de pesca.

fonte