Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ICNF-RNES celebra 40 anos de actividade com baptismo de Golfinhos Roazes

O Porto de Setúbal felicita o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas/RNES - Reserva Natural do Estuário do Sado que celebrou 40 anos a 1 de Outubro. E saúda a iniciativa de assinalar a data promovendo uma visita à Escola Básica nº 5, em Setúbal, com o objectivo do baptismo das quatro crias de golfinhos roazes corvineiros nascidas no estuário do Sado entre dezembro de 2019 e setembro de 2020.

Os Portos de Setúbal e Sesimbra estão enquadrados em áreas ambientalmente sensíveis, com um valor inestimável para a conservação da natureza como o Parque Natural da Arrábida, a Reserva Natural do Estuário do Sado e a Rede Natura 2000. Grande parte da área sob jurisdição portuária é constituída por sapais e vegetação de elevado valor ecológico. A manutenção destas áreas contribui para a sustentabilidade do elevado valor ambiental da zona, bem como, para a reposição das espécies de interesse comercial e de toda a biodiversidade.

O aumento da família de golfinhos do Sado é particularmente gratificante para o Porto de Setúbal, já que constitui uma das provas de que vem sendo garantida de forma sustentável a preservação do habitat daqueles que são os maiores ícones do rio e da cidade.
 

















Artigos relacionados:

  • O mistério dos golfinhos do Tejo
  • Bruxelas pede o fim das capturas acidentais de golfinhos
  • Gaspar, o primeiro golfinho boto-branco ibérico, tem visitado as praias do Porto e Matosinhos
  • «Não há uma linha no EIA a dizer que os golfinhos estão ameaçados»
  • «Vasco» e «Salas» adoptaram praia de Sines para nadar
  • Golfinhos-Roaz na Baía de Sines
  • O Oceano Atlântico é a casa de muitas espécies
  • Golfinhos usam «assobios» para dar nome aos companheiros, diz estudo
  • Aventura Creoula: Há golfinhos e baleias no mar do Algarve
  • Cetáceos de Portugal: Passado, Presente e Futuro
  • O sonar
  • Os sons dos golfinhos
  • NOC, a baleia branca que tinha uma voz quase humana
  • No Sado «é uma festa ver passar tantos golfinhos»
  • Golfinhos voltaram ao Tejo, agora desenhados nos pilares da ponte 25 de Abril
  • Grupo de protecção animal salvou 300 golfinhos
  • Nova espécie de golfinhos descoberta na Austrália
  • Golfinhos aprendem a pescar com conchas
  • Cetáceos são atracção turística num negócio que gera milhões de euros
  • Tubarões avistados no Algarve são boa notícia para a costa portuguesa
  • Grupo de Golfinhos-comuns avistado no Estuário do Tejo
  • Golfinho andou a passear em águas interiores da Ria