Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Medidas de contingência de saúde pública relativas ao «COVID-19» em execução no Porto de Sines

Ciente da atual situação e em articulação estreita com as autoridades competentes, a APS informa que, na sua área de jurisdição, foram tomadas diversas medidas relativas à epidemia causada pelo “COVID-19”, na sequência das orientações recebidas da Autoridade de Saúde local.

Em primeiro lugar e na decorrência da divulgação de recomendações e orientações genéricas da Direção-Geral de Saúde (DGS), foi ativado o Plano de contingência para emergências de Saúde Pública com fundamento na citada epidemia, publicitado através da Janela Única Portuária (JUP), da divulgação simultânea por todos os operadores portuários, agentes de navegação e serviços da Autoridade Portuária, particularmente, os que têm a responsabilidade de intervenção a bordo dos navios. Foram igualmente reforçadas as boas práticas comportamentais e de prevenção, incluindo a colocação e divulgação de cartazes em locais estratégicos na área portuária.

Nesta decorrência, foram adquiridas mascaras suplementares de proteção filtrante máxima que reforçam os fatos de proteção descartáveis, luvas e óculos prontos para utilização, bem como o reforço da disponibilização de desinfetante líquido para mãos.

Finalmente e nos termos do protocolo de cooperação em vigor para o Centro de Operações de Emergência do Porto de Sines, a APS mantém o contacto continuo com a Autoridade de Saúde local, restantes autoridades locais e operadores portuários.

A APS, em estreita ligação com a Autoridade de Saúde local, mantém-se em condições para ativar, de imediato, quaisquer outras orientações técnicas de saúde pública que venham a ser emanadas pelas autoridades competentes, quer em termos genéricos quer em termos específicos para os portos.