Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Portos dos Açores reforça equipamento portuário nas Lajes das Flores

A Portos dos Açores SA, reforçou os seus equipamentos portuários no Porto das Lajes das Flores. Neste momento, no que concerne a equipamentos terrestres para a movimentação de cargas, já estão nas Flores uma grua automóvel todo-o-terreno, da marca GROVE, dotada de lança telescópica com capacidade para movimentar carga até ao peso máximo de 75 toneladas.

Está também um empilhadorde garfos, marca Kalmar para 33 toneladas e capaz de movimentar contentores de 20 pés. No que concerne ao equipamento portuário marítimofoi deslocalizada uma lancha de pilotos, que estava ao serviço do Porto da Horta.

A Joss Van Hureter ira substituir a lancha Diogo de Teive, ali existente, que já foi enviada para reparação. Este equipamento marítimo de apoio à operação é de redobrada importância para o Porto das Lajes uma vez que, para além de fundamental para a o serviço de pilotagem serve ainda como auxiliar em pequenos reboques e apoio às manobras.

Todos os equipamentos agora deslocalizados para as Flores vão permitir otimizar a operação portuária que de desenrola no presente, bem como as operações futuras que venham a ser equacionadas depois de completas as dragagens, que decorrem a bom ritmo, no cais a -5 (ZH).

fonte