Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Drone marítimo construído pela Marinha realiza travessia autónoma entre Tróia e Lisboa movido inteiramente a energia solar

Protótipo desenvolvido pela equipa de experimentação operacional da Marinha realiza a primeira travessia costeira de uma embarcação não tripulada militar autónoma, movida a energia renovável.

​​​​Na sequência do maior exercício da NATO com sistemas não tripulados, que decorreu na Península de Troia, entre 11 e 27 de setembro, Recognised Environmental Picture (Maritime Unmanned Systems) 2019 - REP(MUS)19 -, a Marinha Portuguesa revelou a existência da Célula Experimentação Operacional de Veículos Não Tripulados (CEOV).

A edificação e o objetivo desta célula, projetada pelo Comando Naval, enquanto iniciativa estratégica de transformação do setor operacional da Marinha Portuguesa, é o de acelerar a adaptação a um mundo em rápida mudança onde as ameaças são ilusórias, disseminadas, e assimétricas por natureza.

A CEOV foi criada em outubro de 2017 e compreende cerca de doze militares da Marinha, de vários postos e classes, com experiência variada e que compartilham interesse e paixão pela engenharia e tecnologia. A célula responde diretamente ao Comandante Naval e é orientada de acordo com as suas diretivas.

Durante a madrugada do dia 01 de outubro de 2019, por volta das 06h00, um dos protótipos desenvolvidos pela célula foi colocado no Rio Sado, junto das instalações navais de Troia, com o objetivo de realizar a primeira travessia costeira de uma embarcação não tripulada militar autónoma movida inteiramente a energia renovável.

O drone marítimo realizou a travessia conforme planeado, numa duração de cerca de 12 horas, percorrendo 47 milhas náuticas, tendo realizado o trânsito de saída de Troia e Barra de Setúbal, dobrando o Cabo Espichel, com destino a à Base Naval de Lisboa, no Alfeite.​ Durante todo o trânsito o protótipo foi acompanhado pelo NRP Cassiopeia que garantiu a segurança e monitorização da travessia, tendo levado uma equipa técnica da CEOV embarcada.

Realizando uma navegação totalmente autónoma, o drone marítimo entrou o porto de Lisboa pelas 13h10, no dia 01 de outubro assinalando o primeiro teste de utilização de uma embarcação não tripulada da Marinha, movida a energia solar, que cruzou as águas do rio Tejo com destino à Base Naval de Lisboa, no Alfeite.

Fotos e vídeos disponíveis para descarregar​​