Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Obra de Reformulação do Molhe do Porto de Viana lançada pela Ministra do Mar

O Porto de Viana do Castelo recebeu, esta segunda-feira, a cerimónia de lançamento da Obra de Reparação e Reforço do Molhe Norte, que contou com a presença da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino e do presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa.

A obra é a primeira das quatro intervenções previstas para a reabilitação do Molhe, que terá um custo global de 21,4 milhões de euros. Esta fase precursora terá a duração de doze meses e um custo estimado de 1.461.619€.

Com 2.170 metros de comprimento, o Molhe Norte (de proteção do porto de Viana do Castelo) é uma estrutura de taludes galgáveis, dispondo de um passadiço de betão. A intervenção, hoje anunciada, englobará o reforço dos taludes existentes e a reparação do pavimento de betão em todas as extensões danificadas fruto das intempéries.

“Esta é uma obra de extrema importância porque assegura, principalmente, as questões de segurança desta infra-estrutura portuária, cada vez mais importante do ponto de vista económico para o país. Este ano o Porto de Viana já movimentou cerca de 237 mil toneladas de mercadorias, o que representa um crescimento exponencial de cerca de 16% face ao ano anterior”, sublinhou a Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino.

Além das atividades portuárias esta estrutura do Porto de Viana assegura ainda a actividade de construção e reparação naval; a indústria da fabricação de componentes para aerogeradores eólicos; práticas desportivas; pesca; assim como áreas destinadas à atividade comercial (hotelaria, restauração, estabelecimentos de diversão e lazer).

Recorde-se que a APDL iniciou, no passado mês de fevereiro, a construção dos novos acessos rodoviários ao sector comercial do porto de Viana do Castelov isando melhorar a acessibilidade à infra-estruturaportuária, reforçando a sua competitividade e alargando o seu hinterland.