Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MINISTRA DO MAR:

Terminal Vasco da Gama «estará em funcionamento até final de 2022»

Em entrevista ao jornal ‘Observador’, Ana Paula Vitorino aborda o tema do novo terminal de contentores do Porto de Sines, cujas bases da concessão já foram aprovadas em Conselho de Ministros – a líder da pasta do Mar falou sobre o interesse de China e EUA nas potencialidades da futura infra-estrutura e adiantou que o processo de adjudicação poderá estar finalizado antes do final de 2020.

«Nós estamos interessados em ter uma expansão do sistema portuário português, nomeadamente em Sines, que é o nosso porto mais bem posicionado e preparado para ter aumentos de carga. A preparação do concurso foi muito no sentido de salvaguardar a concorrência. Isto é, lançámos um concurso público internacional – bem, ainda não está lançado, foi aprovado, autorizado – assim que for publicado, o decreto-lei será então lançado», comentou a Ministra do Mar, vincando a necessidade de manter Sines no topo da Europa em termos de carga contentorizada.

«Todas propostas serão avaliadas e comparadas com base em indicadores muito objectivos e quantificáveis. E que, portanto, põem os nossos concorrentes – e que desejamos que sejam vários, que sejam muitos – em igualdade de circunstâncias. Temos várias manifestações de interesse, de várias empresas, de vários países. E todas elas são bem-vindas», declarou, ao ser instada pelo entrevistador do ‘Observador’ a revelar quem está na frente pela corrida ao novo terminal de Sines: as empresas chinesas ou as rivais americanas.

continue a ler aqui