Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Movimento de passageiros dos Portos do Funchal e Porto Santo cresceu 90% em 15 anos

São 57 anos, embora a APRAM só tenha começado a celebrar o aniversário do Porto do Funchal, instituindo o ‘Dia do Porto’, em 2017. Mas ele foi inaugurado a 18 de Julho de 1962, e desde então a baía do Funchal recebe navios e navegadores, entre eles turistas que, nas palavras da presidente do Conselho de Administração da APRAM, “quebraram o isolamento e trouxeram o cosmopolitismo à nossa cidade”.

Lígia Correia inaugurou os discursos da celebração do ‘Dia do Porto’, esta quinta-feira, lembrando que a “Madeira importa 95% do que consome e a grande maioria dessas mercadorias chega por via marítima”. Daí que o Porto do Funchal, e em geral os da Madeira, sejam estratégicos para a população. Assim como para o crescimento da economia. Só nos primeiros seis meses deste ano, revelou Lígia Correia, o Porto do Funchal recebeu 148 escalas e 315 mil passageiros, “mantendo os movimentos que nos põem nos primeiros lugares do ranking dos portos nacionais”.

Mas os números podem ser mais surpreendentes. E foi o vice-presidente do Governo Regional quem os salientou durante o seu discurso nesta cerimónia. Pedro Calado fez uma retrospectiva a 2004, ano em que, através do Plano Director do Porto do Funchal, o Governo Regional transferiu as cargas e descargas de mercadorias para o Porto do Caniçal, libertando o Porto do Funchal para a sua “vocação de turismo de cruzeiros”.

Assim, explicou o governante, nos portos do Funchal e Porto Santo o movimento aumentou em cerca de 283 mil passageiros nesse ano, para mais de 541 mil em 2018: “Um crescimento de 90% em 15 anos”. Um contributo robusto para a economia madeirense - até porque, acentuou o vice-presidente, cada turista gasta, em média, 100 euros em compras quando visita a cidade.

fonte