Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

COM A PARTICIPAÇÃO DE ANA PAULA VITORINO

Moçambique organizou conferência internacional sobre oceanos

O Governo de Moçambique promoveu esta semana a primeira Conferência Internacional «Crescendo Azul», para promover a economia azul, com um programa que incluiu debates temáticos nos quais participaram especialistas e governantes, incluindo a Ministra do Mar de Portugal, Ana Paula Vitorino.

O evento pretendeu agregar Moçambique à vaga internacional dinamizada pelas Nações Unidas em prol da cooperação e partilha de conhecimento sobre os oceanos, visando uma economia do mar mais sustentável.

Além disso, Moçambique pretende trocar experiências de modelos usados em países bem sucedidos na implementação da economia azul, promover a investigação e tecnologia para o desenvolvimento dos mares na região e identificar linhas de actuação conjunta que contribuam para concretizar compromissos nacionais, regionais e internacionais assumidos pelos países da região ocidental do Indico.

Segundo foi anunciado em Abril, na apresentação da conferência, que teve o apoio da Noruega e de outros parceiros, decorrendo sob o mote «Exploração Sustentável e Compartilha do Oceano», o evento será bienal.

(Com) fonte