Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Campeonato de Portugal de Cruzeiros | 11 A 14 DE JULHO

Uma regata que celebra os 600 anos da descoberta da Madeira

As ilhas da Madeira e do Porto Santo recebem entre os dias 11 e 14 de julho o Campeonato de Portugal de Cruzeiros (CPC).

A prova, integrada no programa das comemorações dos 600 Anos da descoberta do arquipélago, estende-se ao longo de quatro dias, englobando oito regatas e tendo três títulos nacionais em disputa.

Organizada pela Federação Portuguesa de Vela (FPV), Associação Regional de Vela da Madeira (ARVM) e Associação Nacional de Cruzeiros, com o apoio do governo regional madeirense, através da Direção Regional de Turismo, a competição é destinada a embarcações nacionais e internacionais com certificado ORC, abrindo ainda espaço para a classe “OPEN - Turismo à Vela”, destinada aos veleiros que não estão incluídos no ranking da FPV.

Ruben Luís Borges, madeirense que vive em Lisboa “há mais de 15 anos”, regressa a casa para participar na prova que recorda os feitos de João Gonçalves Zarco, Tristão Vaz Teixeira e Bartolomeu Perestrelo, que chegaram a Porto Santo, em 1418, e, no ano seguinte, 1419, à baía do Funchal.

mais detalhes