Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Ministra do Mar avança que sector cresceu 37% nos últimos dois anos

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, revelou que nos últimos dois anos o sector marítimo obteve um crescimento no Valor Acrescentado Bruto de 37%, considerando este resultado "notável" e "muito acima do crescimento da economia geral".
"Tivemos um crescimento no Valor Acrescentado Bruto, em dois anos, de 37% referente à economia do mar. É absolutamente notável o que Portugal tem feito e o que vocês todos tem feito", afirmou a governante durante a sessão de lançamento do “Roteiro de bioeconomia azul para Portugal”, que decorreu no Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR), em Matosinhos.

A ministra disse também "estimar" que a aposta da tutela na bioeconomia azul como "fator estratégico" do setor do mar tenha contribuído mais de 4% em 2019 para a economia nacional, comparativamente aos 2,6% em 2016.
"Temos o objetivo de atingir em 2020 5% que a área do mar contribuiu para a economia nacional", apontou, lembrando que a tutela e os intervenientes do setor passaram a ter "consciência de que a conservação e valorização do oceano é incontornável para se reafirmar qualquer setor económico" da área do mar.

Ana Paula Vitorino falava durante a sessão de lançamento do "Roteiro de bioeconomia azul para Portugal", um guia produzido pelo CIIMAR que visa, ao mapear informações sobre os biorrecursos marinhos existentes a nível nacional, servir de instrumento a políticas públicas e auxiliar a definir estratégias regionais.
Na sessão, a governante salientou que este roteiro vai ser "uma ferramenta essencial para a implementação do desenvolvimento sustentável e inovação", acrescentando que o mesmo vai constituir "uma boa base de apoio" para a realização de políticas públicas do setor marítimo.
"Este roteiro não podia estar mais alinhado com aquilo que é a estratégia de atuação do Ministério do Mar e só pode ser desta forma: conhecer e explorar de forma sustentável os recursos marinhos e contribuir para o crescimento da economia azul, em sintonia incontornável com a conservação e valorização do conhecimento", concluiu.