Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MADEIRA

Cruzeiros: Mais pernoitas

As pernoitas de uma e duas noites aumentaram no Porto do Funchal. Em 2018, tivemos 60 escalas de cruzeiros, em estadias de uma noite e 14 em duas noites. Neste último caso, destaca-se a Companhia TUI Cruises.

Mais de 90% destas pernoitas são de navios da rota Madeira-Canárias, os outros são navios do norte da Europa que vão a Canárias e regressam. Há poucos ou quase nenhuns navios em escala transatlântica. Os poucos que existem têm a ver com questões de mau tempo.

Este aumento das pernoitas traz um outro quadro à situação. Se os navios ficam aqui mais uma ou duas noites, significa mais movimento e ocupação de cais, embora continue a contar só como uma escala.

Se compararmos com o que se passa com o turismo tradicional em que as contagens são feitas por cama e por noite, significa que por exemplo, aplicando o mesmo modelo, o “Mein Schiff 1” que fica aqui 2 noites, de 15 em 15 dias, contaria como duas escalas e duplicaria o número de passageiros.