Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Linha férrea Aveiro-Mangualde é estratégica para a logística da PSA

Em entrevista ao Dinheiro Vivo, José Maria Castro, director-geral do centro de produção de Mangualde do grupo PSA, falou sobre a concretização da ligação ferroviária entre Aveiro e Mangualde e do seu impacto na logística da fábrica e dos veículos.

Há cerca de 10 anos que a construção da linha férrea dá que falar no grupo PSA, pois não existem quaisquer avanços, segundo José Maria Castro. Embora o Programa Nacional de Investimentos 2030 (PNI) tenha apostado nesta obra para a próxima década, com um investimento de 650 milhões de euros, o director-geral não deposita expectativas no projecto “no nosso plano estratégico não estamos a trabalhar no tema porque não temos a certeza de que este plano vai avançar. Falamos disto há quase dez anos e não vemos que as coisas tenham avançado”.

No entanto, considera estrategicamente importante porque a maior parte dos seus clientes estão localizados na Europa central e ocidental, havendo necessidade de criar uma via mais produtiva a nível de transporte.

“Hoje estamos todos no transporte rodoviário, que é cada vez menos competitivo por causa das emissões de dióxido de carbono e dos preços do petróleo. É um eixo estratégico para a indústria automóvel”, refere ainda sobre a ligação Aveiro-Mangualde.

No que diz respeito ao efeito da obra na logística da fábrica e dos veículos produzidos pela PSA, José Maria Castro, explica que o mais simples de transferir para os comboios são os carros já montados. O trabalho que seria realizado posteriormente seria a massificação logística de peças. Afirma ainda que “poderemos massificar fluxos de transporte da Volkswagen e do nosso grupo, porque a única maneira de rentabilizar este transporte é com comboios de 500 ou 600 metros, mas para isso são necessários volumes muito grandes e estáveis”.

Volta a frisar que a logística na parte dos carros não tem nenhuma complexidade, no entanto o transporte das peças deve ser trabalhado, algo que, no futuro, pode dar uma importante vantagem competitiva para o grupo.

fonte

VISITE OS RECURSOS DO PORTO DE AVEIRO NA WEB

~ ~ ~ ~