Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

GENTE DOS PORTOS | MADEIRA

O Natal do Comandante João Bela

Este foi um Natal com alguma nostalgia para o Comandante João Bela, recém reformado e que esteve nos comandos dos navios que ligam a Madeira e o Porto Santo durante 24 anos.

Passou-o em Viseu, com a família, onde vai voltar na passagem de ano, mas sentiu muitas saudades do Funchal desta época, “um lugar único.”

Primeiro, esteve a trabalhar na APRAM, mas com a concessão da linha passou para a Porto Santo Line. Um percurso profissional longo na região para quem tinha previsto vir apenas durante um ano. Gostou muito e por isso, por cá ficou.

Diz que “a Madeira continua no coração,” afinal, foi aqui que passou “os melhores anos profissionais e até mesmo pessoais.”

A família, mas sobretudo uma netinha, fizeram-no voltar ao continente. É de Aveiro, mas está a viver em Albergaria-a-Velha, onde tem a sua coleção de 1200 miniaturas de automóveis e alguns, “bem poucos”, barcos. Nesta nova fase, tem estado a reorganizar a casa, tem feito ginástica e foi convidado para dar aulas numa escola náutica, em janeiro

Em 2019, pensa vir à região três vezes, em maio, em agosto, dividindo o mês entre a Madeira e o Porto Santo e no fim do ano.

Um sonho? “Gostaria de ver a ampliação do Porto do Funchal, uma necessidade para que este porto continue a ser atrativo no mercado dos cruzeiros. É que nos últimos 12 anos, os navios cresceram em média, 100 metros e é preciso que as infraestruturas portuárias se adaptem a essa mudança.”