Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Terminal de gás natural de Sines estabelece marco histórico ao receber navio 500

O Terminal de gás liquefeito (GNL), vulgo gás natural, de Sines recebeu sábado, 22 de dezembro, o navio 500, fez saber a REN – Rede Energéticas Nacionionais, que gere este terminal. O navio Castillo Merida é o protagonista do feito, que o presidente executivo da REN, Rodrigo Costa, afirmou simbolizar “mais do que o número de escalas atingido no terminal”.

“As características desta infraestrutura, a sua localização, eficiência operacional e permanente disponibilidade fazem com que seja cada vez mais procurado pelos operadores. [O terminal de Sines] é uma infraestrutura crítica na garantia da segurança de abastecimento de gás natural para Portugal”, salienta o administrador, citado no comunicado.

Na contagem de atracagens de 2018, o Castillo de Merida foi o 44.º navio a atracar neste terminal, sendo que o processo de descarga da embarcação irá durar cerca de 21 horas, envolvendo uma equipa permanente de cinco pessoas.

Até ao final do ano, está prevista a atracagem de mais duas embarcações, o que constituirá um novo máximo histórico, segundo o comunicado.

Sines, uma porta de entrada

O terminal de gás natural de Sines é considerado como a principal entrada desta fonte de energia, em Portugal. Em 2017, 55% do GNL que entrou em território luso ocorreu por Sines. Para 2018, esse registo deverá ascender a perto de 70%. Em Portugal continental, existem mais de 1,3 milhões de consumidores de gás natural, sendo a maioria em baixa pressão, 279 em média pressão e 21 em alta pressão.

Além de Portugal, a REN espera que Sines possa tornar-se “a principal porta de entrada do gás natural”, na Europa, assegurando ligações ao continente europeu através de ligações por Espanha e França.

A maioria dos navios que, atualmente, chegam ao terminal de Sines para descarregar GNL são provenientes da Nigéria, Qatar, Estados Unidos e Argélia.

fonte