Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Terminal fluvial de Castanheira do Ribatejo pronto em 2019

Alberto Mesquita (na foto), presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, garantiu, em declarações à Lusa, que o terminal fluvial de Castanheira do Ribatejo deverá estar operacional em outubro de 2019. O autarca disse ainda que o que está a atrasar a conclusão desta infraestrutura são os testes de impacte ambiental que estão a ser realizados.

“Estamos a falar de um projeto que teve necessidade de avaliação de impacto ambiental e que teve um parecer positivo. O promotor conta entregar o relatório de conformidade ambiental em dezembro e, depois, estar-se-á em condições de iniciar a construção do porto”. O projeto, da responsabilidade do Grupo ETE, irá permitir a acostagem de barcaças com contentores no porto fluvial, que ficará localizado junto ao espaço destinado à Plataforma Logística Lisboa-Norte.

O porto fluvial terá dois hectares, sendo o cais construído sobre estacas com 23 metros de frente de rio por 23 metros de profundidade. Alberto Mesquita disse ainda que a construção deste terminal fluvial terá um impacto muito positivo na economia e no ambiente. “Quanto mais transportes fluviais tivermos, menos camiões e trânsito pesado teremos nas nossas vias. A potencialização do rio Tejo, que é uma verdadeira autoestrada, é uma ótima notícia”.

fonte