Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Impulsionada pela geografia do país e pelas potencialidades do Porto de Sines

Tirar o máximo partido da confluência entre a linha terrestre da Rota da Seda e a sua linha marítima

O objectivo de Portugal é tirar o máximo partido da confluência entre a linha terrestre da Rota da Seda e a sua linha marítima, potenciada pela geografia do país e pelas potencialidades do porto de Sines, um dos raros portos de águas profundas europeus na confluência entre continentes (onde os grandes navios contentores podem acostar).

Na visita de Xi a Espanha foi assinado um “memorando de entendimento” entre o porto de Algeciras e o porto de Ningbo, o maior porto do mundo em volume de actividade. Hoje, o terminal de contentores de Sines é gerido por Singapura. Um terço do gás liquefeito exportado pelos EUA para a Europa entra por Sines, um dos poucos portos europeus com a capacidade de armazenamento específica.

Quanto ao novo terminal a construir, de nome Vasco da Gama, cujo concurso público vai abrir em breve, há conversações entre as duas partes, mas como se lembra em Lisboa, haverá um concurso público internacional e “ganhará quem fizer a melhor oferta.

De qualquer forma, o interesse chinês seria visto como fundamental como garantia de desenvolvimento da plataforma de Sines, dando sentido à utilização do novo Canal do Panamá pela China como a via mais rápida e mais barata de atingir os mercados atlânticos. O grande investimento no porto Pireu permite à China explorar as ligações terrestres com o Médio Oriente e África. A competição é forte.

para ler na íntegra aqui