Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Tecnologia inovadora de recolha de plástico do mar testada em Rabo de Peixe

As Direcções Regionais das Pescas e dos Assuntos do Mar dos Açores, em parceria com Fundação Waste Free Oceans e a Associação Sete Mares dos Açores, testaram, pela primeira vez, uma tecnologia inovadora para a recolha de plástico no mar e que envolve a comunidade piscatória local.

O sistema denomina-se Clean Up the Azores, foi desenvolvido pela Fundação Waste Free Oceans e traduz-se num dispositivo semelhante a uma rede de arrasto que recolhe lixo na superfície do mar, com recurso a uma acção de realizada por pescadores locais com as suas embarcações. Segundo explicado pelo Executivo açoriano, “todo o plástico recolhido é transformado em pequenas células e é reciclado e depois fará parte de uma peça de mobiliário”, numa lógica de economia circular.

O primeiro teste foi realizado em Rabo de Peixe, nos Açores, e mais se irão realizar até Dezembro, estando prevista a realização de 10 testes. Depois disso, a iniciativa será replicada noutros portos de pesca e noutras ilhas do arquipélago. Neste momento, colaboram no projecto duas embarcações, financiadas pela Waste Free Oceans.

FONTE