Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

CAPACIDADE PARA 100 TONELADAS

Porto de Viana efectua primeira grande operação com nova grua

O Porto de Viana do Castelo efectuou, a 30 de agosto, a primeira operação de movimentação de carga com a nova grua móvel. Avaliado em 5 milhões de euros, o equipamento tem a capacidade de transporte para 100 toneladas de mercadorias.

A ‘Grua Gottwald – Modelo 330’ é da responsabilidade do Grupo Nogar, o novo operador portuário de Viana, e vem reforçar o porto minhoto com novos meios para o transporte de mercadorias de maior dimensão.

“A nova grua, já em pleno funcionamento, vai contribuir para o desenvolvimento da região, que reconhece no porto uma plataforma de internacionalização do tecido económico e um verdadeiro polo de atratividade de novas empresas e indústrias”, afirma a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Recorde-se que 2017 marcou o regresso do Porto de Viana à rota de crescimento, ao movimentar 415 mil toneladas de mercadoria, o que representou um crescimento de 6% face ao ano anterior.