Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Por um oceano limpo

São treze milhões de toneladas de plástico a chegar ao oceano, por ano. Garrafas, embalagens, palhinhas, correias de plástico e materiais de pesca constituem a maior parte do lixo encontrado nos oceanos. Na UE, os países concordaram em começar a monitorizar a quantidade de plástico consumido e em tomar medidas capazes de promover a substituição de produtos descartáveis e de curta duração por materiais reutilizáveis e mais duradouros.

Na Europa produz-se 25 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano. Só 30% seguem para reciclagem. Em 2018, a UE destinou 350 milhões de euros para o estudo e desenvolvimento de materiais mais ecológicos e para o melhoramento dos processos (tecnologia) de reciclagem. O objectivo é que em 2030 todas as embalagens de plástico sejam reutilizáveis ou recicláveis.

O plástico tem muitas aplicações positivas e essenciais para a humanidade. Tornou-se um material insubstituível nos sectores de embalagem, construção, transporte, dispositivos médicos, equipamentos desportivos, por exemplo. Há centenas de substâncias plásticas diferentes, consoante a sua aplicação final.

CONTINUE A LER AQUI