Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

Portos do Mediterrâneo unem forças para reivindicar papel central na Nova Rota da Seda

Vinte dos principais portos e agências estatais do Mediterrâneo formaram a associação MED Ports, cujos principais objectivos são a promoção da colaboração entre os portos do Mediterrâneo e destaque da centralidade do Mediterrâneo nos novos fluxos comerciais globais. Com este passo concertado, os portos envolvidos esperam enfrentar, de modo unificado, os novos desafios do comércio internacional e da logística.

 

A nova associação, cuja sede será estabelecida em Marselha, tem como membros fundadores os portos espanhóis de Barcelona, Tarragona, Algeciras e Valência, os franceses de Marseille Fos e Toulon, os italianos de Civitavecchia, Bastia e Veneza, os argelinos de Arzeu, Skikda e Bejaia, o marroquino de Tanger MED, o egípcio de Damietta, o esloveno de Luka Koper e também o libanês Porto de Beirute.

Integrarão também a MED Ports as agências estatais Puertos del Estado, o Escritório da Marinha Mercante e dos Portos da Tunísia e a agência argelina Serport. A aguardar aprovação estão os portos de Alexandria (do Egipto), Durres (da Albânia), Tessalónica (da Grécia) e a agência l’Agence Nationale Portuaire (de Marrocos).
Foco da MED Ports na ascensão do Mediterrâneo a eixo central do comércio internacional

Durante a primeira assembleia geral foram aprovadas as principais linhas de trabalho da associação, que incluem a promoção da cooperação entre os portos do Mediterrâneo, de modo a colocar a região como eixo central do comércio internacional, aproveitando as oportunidades oferecidas pela nova Rota da Seda.

Além disso, a nova associação visa reforçar o papel que os portos devem desempenhar enquanto focos de união entre a Europa e a África, capazes de fomentar a busca de soluções logísticas eficientes e competitivas que atendam às necessidades dos seus respectivos hinterlands. Tendo tais objectivos em mente, a MED Ports criou seis grupos de trabalho dedicados à formação, sustentabilidade, segurança, relações com instituições internacionais, análise de mercado e smart ports.

fonte