Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Inauguração do Porto do Porto Santo ocorreu há 34 anos

O Porto do Porto Santo celebrou trinta e quatro anos de existência, em vésperas de iniciar uma grande reparação que ascende a quase um milhão de euros.

Foi no dia 2 de julho de 1984 que o então Presidente da República, Ramalho Eanes, inaugurou diversas infraestruturas na Madeira como a Marina e o Porto do Porto Santo.

Os dois matutinos regionais, “Diário de Notícias” e “Jornal da Madeira” deram eco das palavras do Presidente da República que na altura disse: “O Porto Santo começa finalmente a sentir a brisa do desenvolvimento”.

O porto era uma velha aspiração da população porto-santense e isso explica o ambiente festivo que se sentiu nesse dia, descrito assim pelo DN Madeira: “Barcos com bandeiras desfraldadas reforçavam a alegria de toda uma população que no seu porto põe agora a esperança de um futuro melhor, com a abertura de novas perspetivas e alargados horizontes.”

O Porto do Porto Santo custou mais de um milhão e meio de contos ao orçamento regional. Foi construído um cais acostável de 300 metros de comprimento, com fundos de seis e sete metros e um terrapleno destinado à movimentação de mercadorias de 20 mil metros quadrados.
 

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB