Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Conexão Sines-Caia «é estruturante» para o progresso de Portugal e Espanha, diz Pedro Marques

Pedro Marques considerou, durante a cerimónia de assinatura de um protocolo referente à criação da euro-cidade Elvas/Badajoz/Campo Maior (integrada no eixo Lisboa-Madrid-Barcelona), que a conexão ferroviária Sines-Caia é de cariz «estruturante» para o desenvolvimento de Portugal e Espanha, caracterizando esse passo como «o mais marcante» investimento do seu mandato.

Investimento ferroviário «potencia o Porto de Sines, a Extremadura e o Alentejo», disse Pedro Marques

Em Elvas, onde a cerimónia teve lugar, o ministro Planeamento e das Infra-estruturas, citado pelo ‘Diário de Notícias’, afirmou que o investimento ferroviário (com foco no tráfego de mercadorias) «potencia o porto de Sines e potencia a grande região de Madrid, mas potencia mais ainda a Extremadura e o Alentejo». Para Pedro Marques, o investimento na ligação Sines-Caia irá «potenciar» os projectos comuns entre os três municípios.

«O maior investimento nos últimos 100 anos», anunciou o ministro

«Potencia certamente, mais do que tudo, esta euro-cidade e o porto de Sines» comentou. «O maior investimento nos últimos 100 anos em Portugal em matéria de ferrovia está a fazer-se agora», acrescentou, sublinhando a união das regiões do Alentejo e da Extremadura espanhola e o reforço dos laços logísticos e comerciais entre Portugal e Espanha.

O projecto referente à euro-cidade integra um paradigma transeuropeu de transporte, logística e comércio, com o enfoque no fortalecimento dos três concelhos envolvidos, valorização territorial, fomento do investimento e redinamização comercial, aproveitando a proximidade com o aeroporto de Badajoz, a via ferroviária Sines-Caia-Madrid e a futura plataforma logística do sudoeste europeu.

fonte