Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Estaleiros de Viana do Castelo vão construir dois navios híbridos em 2018

A WestSea, subconcessionária dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC), vai começar a construir este ano dois navios híbridos, equipados com motores elétricos e de combustão, informa fonte da empresa do grupo Martifer.

"Ainda em 2018 estamos em condições de arrancar com os primeiros projetos e construir dois navios híbridos, que depois darão origem a um navio 100% elétrico, que deverá surgir em 2020 ou 2021", disse Vítor Figueiredo, da WestSea.

O responsável pela empresa do grupo Martifer falava em Aveiro durante a conferência "A Economia Portuguesa e a Indústria 4.0: O Cluster do Mar".

Vítor Figueiredo fez um balanço positivo da presença do grupo português em Viana do Castelo, adiantando que o projeto começou com "uma infraestrutura que estava parada há cerca de dois anos, com alguns equipamentos sem funcionar e alguns edifícios a precisar de restauro".

"Em 2015, já tínhamos contratos de construção naval e até hoje, quatro anos volvidos, já construímos e entregámos cinco navios. Para este ano de 2018, temos mais cinco navios para entregar e já temos em carteira navios para 2019", avançou.

No futuro, o objetivo da WestSea passa por aprofundar o canal de navegação dos estaleiros, uma obra que, segundo Vítor Figueiredo, "vai permitir duplicar a atividade de reparação naval".

"Neste momento, estamos a trabalhar com a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo e com Ministério do Mar para se reunir condições para poder haver algum investimento no aprofundamento do canal", disse o mesmo responsável.

Vítor Figueiredo referiu ainda que, atualmente, os estaleiros estão a trabalhar a 100%, dando emprego a cerca de 800 pessoas, e realçou que um dos principais desafios da empresa tem sido a falta de mão-de-obra qualificada.

"Temos em curso vários projetos de formação profissional para serralheiros e soldadores para ver se conseguimos colmatar esta necessidade que é ter pessoas qualificadas neste setor para trabalhar", disse.

fonte