Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Leixões receberá investimento «superior a 500 milhões de euros», refere Ministra do Mar

A Ministra do Mar falou esta terça-feira dos investimentos previstos para o Porto de Leixões, conhecidos na estratégia para o aumento da competitividade portuária para o período 2017-2026. As declarações foram prestadas durante o lançamento do Projecto de Literacia do Oceano – Escola Azul.

 

Numa breve declaração aos jornalistas, Ana Paula Vitorino realçou que o Porto de Leixões receberá um investimento de 510 milhões de euros até 2026, com foco no aumento da competitividade e eficiência.

«O Terminal de Leixões é um dos top do sistema portuário nacional e, como tal, não pode deixar de ser um dos portos onde o maior investimento vai ser feito, está previsto para os próximos anos um investimento superior a 500 milhões de euros, a maioria do qual privado», referiu a governante – acrescentando que o investimento privado representará 60% do total previsto para Leixões.

Entre as empreitadas estão, recorde-se, o aumento do molhe e da profundidade do canal de acesso e bacia de rotação, a construção de um novo terminal de contentores ou a requalificação do actual terminal de contentores Sul.

«O que se pretende é não só aumentar a capacidade e eficiência do terminal, como criar novos terminais com capacidade para receber navios maiores», referiu ainda Ana Paula Vitorino.

Sobre as obras, a Ministra adiantou ainda que algumas já estão em curso, estando as outras em estudos de engenharia ou à aguardar o Estudo de Impacte Ambiental. Já os prazos são claros: a conclusão de todos os projectos deverá acontecer até 2026, sendo que alguns deles estarão ainda prontos em 2021.

fonte