Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Portos ibéricos da Yilport cresceram 6% em 2017

A Yilport, holding do grupo turco Yildirm para operações portuárias e de logística, registou um crescimento de 9,5% à escala global e 6% na Península Ibérica (onde detém sete concessões, cinco das quais em Portugal).

O movimento consolidado dos portos ibéricos da concessionária turca Yilport atingiu 1.176.496 TEU em 2017, mais 6% do que em 2016, refere um comunicado do Grupo Yildirim, que detém a empresa. Em Portugal, o terminal da Yilport em Leixões fechou o ano com um movimento de 625.542 TEU, o da Liscont, em Lisboa, com 233.497 TEU (+25% do que em 2016) e o da Sotagus, também em Lisboa, com 160.886 TEU (+37% do que em 2016), refere o comunicado.

Ali se refere também que 2017 foi um ano de crescimento em movimento de carga contentorizada para a Yilport Holding, que gere os negócios portuários e de logística do grupo turco. No total, os terminais da Yilport Holding movimentaram 4,3 milhões de TEU, mais 9,5% d que no ano anterior, induzidos, principalmente, pelo transporte marítimo turco e pelas exportações suecas.

Entre outros dados, o comunicado lembra que em 2017 a Yilport Holding movimentou 9,5 milhões de toneladas de carga geral, registou operações ro-ro equivalentes a 364.100 CEU (car equivalent units) e a 3,67 milhões de metros cúbicos de carga líquida.

Para este ano, a empresa estima “um crescimento orgânico agressivo em todas as operações”. Em carga contentorizada, espera movimentar 4,73 milhões de TEU (+10%), em carga geral espera atingir 12,1 milhões de toneladas (+28%) e pretende realizar operações ro-ro correspondentes a 417 mil CEU. Já no movimento de carga líquida, espera uma quebra de 4%, para os 3,53 milhões de metros cúbicos.

Recorde-se que a empresa já anunciou uma expansão da sua rede portuária ibérica (de que aqui demos conta), que contempla sete concessões em Portugal e duas em Espanha, e na qual pretende investir – numa primeira fase, no terminal da Liscont, em Lisboa, e na TCL, em Leixões, e numa segunda fase, em Espanha, essencialmente no terminal de Huelva.

A empresa sublinhou ainda que, de acordo com a consultora Drewry (Drewry’s Global Container Terminal Operators Annual Review and Forecast 2017), no final do ano estava cotada em 13º lugar entre as operadoras portuárias de carga contentorizada internacionais.

fonte