Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

6,7 milhões para investir nos portos do Algarve

O Governo pretende investir cerca de 6,7 milhões de euros em obras de reabilitação dos portos de pesca do Algarve, nos próximos anos. Estas intervenções e respetiva calendarização constam do Plano de Ação Litoral XXI.
Na Costa Vicentina, será investido meio milhão de euros na requalificação do portinho de pesca da Arrifana (Aljezur), enquanto no Porto da Baleeira (Sagres) serão gastos 200 mil.

Em Lagos, estão programadas intervenções no valor de 175 mil euros no porto de pesca e de 110 mil na reabilitação do Cais da Solaria. Entretanto, no Porto de Portimão serão executadas obras na rede viária, no cais de descarga e em infraestruturas, no montante total de mais de 1,8 milhões de euros.

Em Quarteira, está prevista a reabilitação total do edifício da lota e a criação de um novo cais, num investimento de 750 mil euros. Os trabalhos serão executados entre 2019 e 2021.

O Plano de Ação Litoral contempla ainda a construção de um cais de descarga em Albufeira, com um custo de 200 mil euros e que deve arrancar no próximo ano. Está também programado o prolongamento do molhe poente, mas a intervenção, orçada em dois milhões de euros, só será executada dentro de cerca de cinco anos.

Outra obra que trará benefícios para os pescadores diz respeito à realização de dragagens de manutenção no canal de acesso ao Porto da Fuseta (Olhão), devendo ser concretizada este ano ou em 2019. O custo atinge os 600 mil euros. O plano indica, entretanto, que já está em desenvolvimento uma obra no molhe de Vila Real de Santo António, num investimento de 315 mil euros.

fonte