Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PSA atinge os 74,2 milhões de TEU em 2017 e cresce 9,8% em termos homólogos

O ano de 2017 foi de pleno sucesso para a PSA International: a operadora de terminais de contentores, presente no Porto de Sines, processou 74,24 milhões de TEU, um resultado que reflecte um crescimento homólogo de 9,8% face ao ano de 2016. Os terminais de Singapura geridos pela PSA contribuíram com 33,35 milhões de TEU para o resultado global, ao passo que os terminais localizados fora do país significaram 40,89 milhões de TEU do total.


«Resiliência»: CEO do Grupo PSA elogiou desempenho de 2017

A divulgação oficial dos resultados foi acompanhada por declarações de Tan Chong Meng, CEO do Grupo PSA: para este, o grupo mostrou grande «resiliência» durante 2017, obtendo um desempenho global «razoavelmente bom» face a uma competição bastante dura, novas tendências tecnológicas e imprevisíveis ameaças no campo da Tecnologia da Informação. Para Tan Chong Meng, 2017 foi um ano de recuperação económica à escala mundial, mas as dificuldades não foram ultrapassadas pelo sector do ‘shipping‘.

«Disrupção»: de jargão a norma «na maioria das indústrias»

«Em 2017, a economia global recuperou e deparou-se com alguns momentos positivos pautados por crescimento, apesar do facto da indústria do ‘shipping‘ continuar a enfrentar desafios à medida que a gigantesca onda de consolidação e alianças de 2016 começaram a manifestar os seus efeitos em termos operacionais», declarou o CEO do Grupo PSA International. «A palavra ‘disrupção’ deixou de ser um jargão para passar a ser a norma na maioria das indústrias, reflectindo o ritmo acelerado da mudança», dissertou.

Contemplando os desafios de 2018, Tan Chong Meng afirmou que o grupo se prepara para abraçar um futuro no qual as necessidades da cadeia logística «são transformadas pelas novas tecnologia, novas tipologias de comércio, de manufacturação e de dinâmicas de comércio electrónico», não deixando de reconhecer o período de «incertezas geopolíticas, sociais e económicas» vividas no presente. «O modo como os consumidores e os negócios interagem continua a evoluir, e terá cada vez maior impacto na composição e fluidez da cadeia logística», finalizou.

fonte