Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Janela Única Logística

Notícias

AMT destaca Lisboa como «o porto que mais contribuiu» nos resultados até Novembro

Os portos nacionais movimentaram, entre Janeiro e Novembro de 2017, um total de 88,8 milhões de toneladas, um novo máximo para o período em questão. Mas no relatório agora conhecido, a AMT dá um destaque claro ao Porto de Lisboa enquanto grande impulsionador desta evolução registada em 2017.

Vincando que os resultados alcançados pelo Porto de Leixões e pelo Porto de Aveiro foram os melhores de sempre para das duas infra-estruturas portuárias, a AMT ressalva: «No entanto, o porto que mais contribuiu para o desempenho global do sistema portuário foi Lisboa, que comparativamente ao período Janeiro-Novembro de 2016 registou um acréscimo superior a 2,1 milhões de toneladas, correspondente a +23,5%».

Porto de Lisboa também liderou crescimento percentual nos contentores

O segmento dos contentores registou também o melhor período Janeiro-Novembro da sua história. Porém, também neste a AMT destaca o Porto de Lisboa como o principal impulsionador do aumento percentual que se foi conseguindo ao longo de 2017.

«À semelhança dos últimos meses, a variação mais expressiva do volume de TEU movimentado no período Janeiro-Novembro de 2017 face a 2016 verifica-se no Porto de Lisboa e tem subjacente uma taxa de +29,6%, confirmando o percurso de recuperação do tráfego ‘desviado’ em especial para Leixões e Setúbal por efeito das perturbações laborais».

fonte