Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Plataforma Logística de Badajoz estabelece aliança estratégica com portos de Sines, Setúbal e Lisboa

A Plataforma Logística de Badajoz e os portos portugueses de Sines, Setúbal e Lisboa assinaram um acordo de colaboração para dar um impulso estratégico ao transporte intermodal e ao comércio no sudoeste da União Europeia.

Esta aliança foi subscrita, em Madrid, pelo presidente da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu, Angel García, e os representantes das autoridades portuárias de Sines-Algarve, Setúbal-Sesimbra e Lisboa, João Paulo Franco, Vítor Caldeirinha e Marina Ferreira, respectivamente.

O acto contou com a presença, em representação do Governo da Extremadura, do conselheiro de Infraestruturas, Habitação, Ordenamento do Território e Turismo, Víctor Del Moral.

A assinatura teve lugar no âmbito do Fórum 'Extremadura en clave logística', um encontro de profissionais e entidades relacionadas com a logística e o transporte, com o objectivo de dar a conhecer as iniciativas tomadas na Extremadura em matéria de infraestruturas e transporte intermodal.

O encontro, organizado pela Plataforma Logística do Sudoeste Europeu e o Fórum Ibérico da Logística, foi presidido por Víctor Del Moral e o presidente dos Portos do Estado de Espanha, José Llorca. Contou ainda com a presença de importantes entidades espanholas e portuguesas como CaixaBank, Idom Ingeniería, UTE Plataforma Logística de Badajoz, UTE Plataforma Ferroviária de Badajoz, Expacio Mérida, Expacio Navalmoral e a Delta Cafés.

O responsável da Extremadura destacou que o acordo rubricado demonstra que "na Europa existe um sul competitivo" chamado a desempenhar um papel protagonista no âmbito do transporte e logística internacional.

"Portugal é a nossa porta para o mar e os seus portos são as nossas plataformas exportadoras", declarou Del Moral, que também salientou que, reciprocamente, "A Extremadura é a ligação natural portuguesa por ferrovia e por estrada com o resto da Europa".

O responsável regional das infraestruturas destacou que "há já vários anos que as fronteiras deixaram de ser barreiras que representam limites, são agora territórios que oferecem oportunidades" e com esta aliança estratégica dá-se "um passo de gigante" porque estabelece "novas sinergias".

O objecto da aliança é estabelecer linhas de cooperação entre as quatro entidades signatárias com a finalidade de potenciar Sines, Setúbal e Lisboa como nós multimodais de entrada e saída por via marítima dos produtos importados e produzidos na Plataforma Logística de Badajoz; assim como a utilização desta importante infraestrutura extremenha como porto seco destinado à distribuição de mercadorias provenientes dos três portos portugueses.

Os objectivos básicos marcados pelas partes são seis:

- A promoção de soluções logísticas intermodais integrais para o crescimento sustentável a médio prazo do transporte no corredor Sines /Setúbal/ Lisboa - Badajoz - Madrid - Europa, promovendo novas alianças entre operadores logísticos, gestores de infraestruturas, empresas e administrações públicas.

- A promoção conjunta das vantagens dos portos de Sines, Setúbal e Lisboa e da Plataforma Logística do Sudoeste Europeu para estimular o estabelecimento de novos operadores logísticos e industriais.

- Alargar o 'hinterland' dos portos portugueses, incluindo toda a Eurorregião Alentejo-Centro-Extremadura, facilitando assim a entrada e saída por via marítima das mercadorias importadas e produzidas na zona.

- Potenciar a Plataforma Logística do Sudoeste Europeu como Porto Seco para a distribuição das mercadorias procedentes e com destino aos portos portugueses.

- Optimizar a gestão do transporte internacional de mercadorias reduzindo custos e emissões de CO2, oferecendo cobertura a todas as necessidades logísticas dos clientes.

O objecto do acordo-marco materializar-se-á através do desenvolvimento de outros acordos específicos e com a realização de diversos projectos e programas de actuação promovidos pelas quatro partes.

Entre outros, está a participação conjunta em projectos europeus para o desenvolvimento do corredor Sines/Lisboa - Badajoz - Madrid - Europa. Assim como a realização de estudos com o objectivo de definir acções e medidas que permitam criar ligações eficientes e sustentáveis em termos ambientais na zona.

fonte