Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Grupo de trabalho sobre dragagens reúne na Administração do Porto de Lisboa

A Administração do Porto de Lisboa acolheu no dia 9 de abril uma reunião do grupo de trabalho dinamizado em Espanha, em 2014, pelo “Ministério de Agricultura, Alimentación y Médio Ambiente” e pela “Asociación Técnica de Puertos e Costas Española” com a finalidade de estudar e elaborar artigos subordinados ao tema “ Aspetos Positivos das Dragagens”.

Este grupo, o qual também incorpora técnicos portugueses, pretende alargar o âmbito das seus estudos e artigos a temas desde soluções para passivos ambientais, enquadramentos legais em Espanha e em Portugal, a projetos de proteção costeira, tipos de investimentos, mas também a estudos de dinâmica litoral, dragagens em Estuários de elevado valor ambiental e tecnologia e inovação dos atuais equipamentos de dragagens.


Um dos objetivos deste grupo é fomentar a troca de informação técnica entre espanhóis e portugueses, assim como apresentar casos de estudos em ambos os países, e incentivar a participação, para divulgação dos trabalhos produzidos, em congressos, jornadas de engenharia, seminários e workshops.