Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Sines quer ultrapassar 40 milhões de toneladas já este ano

No Porto de Sines, o ano fechou com um total de 37,5 milhões de toneladas movimentadas (+2,9%) e, pela primeira vez, mais de um milhão e duzentos mil TEU's. A CARGO falou com João Franco, presidente da APS, que se mostrou satisfeito com 2014 e otimista para 2015.

"Foi mais um ano de crescimento, embora inferior ao que desejaríamos", admitiu João Franco, ressalvando que "já se sabia que o crescimento não iria muito além do registado". E explica porquê: "Houve uma grande intervenção da empresa concessionária do terminal de granéis líquidos e, por isso, já seria de esperar uma menor movimentação neste terminal do que o habitual, até porque a intervenção durou cerca de dois meses e como é um terminal que vale para nós cerca de 55% da tonelagem total, o efeito fez-se sentir no resultado global".

Foi, por isso, uma situação "conjuntural e programada", a qual acabou, segundo João Franco, "compensada pelo aumento significativo no terminal de contentores [ndr. Terminal XXI], na casa dos 35 ou 36%".

Para este ano, João Franco mostrou-se, claro está, optimsta: "Espera-se que o terminal de contentores continue a crescer bastante, até porque é o segmento que mais cresce a nível mundial, e espera-se que o terminal de granéis líquidos cresça também muito até porque em 2014 esteve dois meses quase inactivo".

Aliás, sobre o segmento de contentores foi mais longe, referindo que a APS espera chegar já em 2015 ao "milhão e meio de TEU's". Para isso, muito contribuirão os nove pórticos que já estão a funcionar no Terminal XXI, dotando-o de uma capacidade de manuseamento bem acima da que até aqui tinha disponível.

Sobre os restantes terminais, o presidente da APS referiu que "o terminal de granéis sólidos deverá registar resultados semelhantes aos anos anteriores, tal como os terminais de gás natural e petroquímico, ambos com pouca expressividade no global movimentado em Sines embora com importância estratégica".

A concluir, sobre o objetivo da APS a nível de tonelagem movimentada este ano, João Franco foi esclarecedor: "Queremos ultrapassar já os 40 milhões de toneladas!"

fonte