Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

FIGUEIRA DA FOZ

O futuro do porto comercial já não está ameaçado

Em finais de novembro, o presidente da Câmara da Figueira da Foz, João Ataíde, e a vereadora Ana Carvalho fizeram soar o alarme, ao alertarem que o relatório do grupo técnico de trabalho para o litoral português punha em causa o futuro do porto comercial.

Entretanto, realizou-se uma reunião, que, entre outros, juntou os autores do estudo, os dois elementos do executivo camarário, a comunidade portuária local e o vereador da oposição Miguel Almeida, e os ânimos acalmaram-se.

“Não me parece que o relatório ponha em causa o desenvolvimento do porto”, disse Hermano Sousa (na foto), presidente da comunidade portuária, ao DIÁRIO AS BEIRAS, que se fez representar na reunião pelo vice-presidente, Paulo Mariano. “Creio que, na sequência da reunião, o grupo de trabalho do litoral ficou a entender a importância do porto”, acrescentou. Este responsável frisou, por outro lado, que o porto comercial “tem sustentabilidade económica e ambiental”, rematando que “não é minimamente verosímil pôr o futuro do porto em causa, porque isso seria regressar ao passado”. O relatório, saliente-se, propõe um estudo sobre a viabilidade dos portos da Figueira da Foz e de Aveiro, para aferir a relação entre os custos e os benefícios. Ana Carvalho saiu mais sossegada da reunião.

mais detalhes