Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Governo quer dar 100 anos para privados gerirem terminal do Barreiro

O operador privado que ganhar o concurso para a exploração do futuro terminal de contentores do Barreiro (TCB) deverá ter um período de exploração de 100 anos. O cenário é avançado pelo Diário Económico de 19 de Dezembro.

O Governo pretende lançar o projecto do terminal do Barreiro em 2015. A fase de consulta pública da proposta de definição do âmbito do estudo de impacto ambiental do mesmo terminou esta quinta-feira, 18 de Dezembro. O documento foi entregue pela Administração do Porto de Lisboa (APL) à Administração Portuguesa do Ambiente.

"Dado o carácter estruturante deste empreendimento e a sua longevidade, arbitra-se que a fase de exploração terá uma duração de cem anos (vida útil do TCB), admitindo-se que a fase de exploração acompanhe aquele período", revela o documento citado pelo Diário Económico.

O estudo abre ainda a porta à possibilidade de a construção deste empreendimento ocorrer em várias fases. "Outra situação que deverá ser devidamente avaliada e ponderada nas alternativas do projecto será o faseamento construtivo do TCB ", adianta o documento.

A APL estima que o porto deverá movimentar um montante de 2,7 milhões de TEU (medida-padrão equivalente a contentores com 20 pés de comprimento) em 2048.

fonte