Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Setúbal avança com três estudos e projetos

O Porto de Setúbal avançou com a elaboração de três estudos e projetos: Empreitada de Aproveitamento da Área Líquida Exterior da Doca dos Pescadores; Empreitada do Porto de Abrigo das Praias do Sado; elaboração do Projeto e Estudo de Impacte Ambiental do “Projeto de Melhoria da Acessibilidade Marítima ao Porto de Setúbal”.

O primeiro, comparticipado pelo PROMAR, com um valor de cerca de 25 mil euros, destina-se a criar um conjunto de postos de acostagem para embarcações das atividades relacionadas com a marítimo-turística e, por sua vez, permitir um melhor aproveitamento da Doca dos Pescadores para as embarcações de pesca.

O segundo, com um valor de cerca de 30 mil euros, vai permitir a reabilitação do molhe da EDP, na zona em frente à central elétrica das Praias do Sado, possibilitando criar postos de acostagem para embarcações, de um modo ordenado e com condições de segurança.

A elaboração do Projeto e do Estudo de Impacte Ambiental do “Projeto de Melhoria da Acessibilidade Marítima ao Porto de Setúbal”, no valor de cerca de 200 mil euros, é o primeiro passo para a realização das dragagens de aprofundamento do Canal da Barra do Porto de Setúbal em um a dois metros, criando condições para o porto continuar a receber os navios Shortsea, que têm vindo a aumentar de dimensão e calado.