Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Plataforma Logística de Leixões aumentará mercadorias em 3%

A Plataforma Logística de Leixões é a 14ª prioridade do PETI 3+ e as obras já estão em estado muito avançado, sendo que já está mesmo confirmada a entrada de empresas como a Luís Simões ou a Zaldesa.

A Administração do Porto de Leixões desde cedo viu aqui uma importante obra para o incremento de movimentação de carga no porto e na região, sendo que prevê mesmo um crescimento de 3% na movimentação de mercadorias, isto deixando de fora o segmento dos contentores, no qual prevê também uma subida de volumes.

"Com um investimento global estimado em 150 milhões de euros, suportados por capital próprio da APDL e por um empréstimo contratado com o BEI - Banco Europeu de Investimento, pretende-se que esta plataforma contribua para a eficiência das cadeias logísticas que passam por Leixões, perfeitamente inserida nas RTE-T, efetuando operações de valor acrescentado às cargas e alcançando ganhos, devido às sinergias obtidas pela concentração da actividade num espaço devidamente infra-estruturado para o efeito", referiu fonte da APDL ao Económico.

Já os acessos rodoviários aos pólos estão a ser comparticipados pelo POVT - Programa Operacional de Valorização do Território, do anterior Quadro Comunitário de Apoio, estando em preparação a candidatura ao CEF das outras componentes de investimento.

A fonte da APDL acrescenta que o projeto "contribuirá de uma forma decisiva para desenvolver o porto de Leixões e transformar a Área Metropolitana do Porto numa plataforma de valor acrescentado de nível ibérico, com condições únicas para a atracção e fixação de pólos logísticos e de distribuição, que permitam ancorar novo tráfego para o porto de Leixões e para as comunidades e cadeias logísticas envolventes".

fonte