Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Consignada a electrificação do ramal ferroviário do Porto de Aveiro

A Refer anunciou esta terça-feira ter consignado à OPWAY - Engenharia, SA, por cerca de 1,6 milhões de euros, a eletrificação do ramal ferroviário de ligação ao Porto de Aveiro, numa extensão de 8,8 quilómetros.

A eletrificação do ramal, que está em exploração desde 2010, visa aumentar a quota de mercado do transporte ferroviário de e para o Porto de Aveiro, e “permitirá, com o recurso à tração elétrica, reduzir as emissões de gases de efeito de estufa, o nível de ruído e os custos de energia, com impacto direto nos custos da operação”.

“A elaboração do projeto de execução e a gestão, coordenação e fiscalização da obra, atividades internalizadas pelo Grupo Refer, estão a cargo da Refer Engineering”, adianta a empresa.

A obra, que tem um prazo de execução de nove meses, compreende a eletrificação do ramal de acesso ao Porto de Aveiro e das linhas da Plataforma Logística de Cacia.

O projeto é financiado por fundos europeus através do Programa Operacional de Desenvolvimento Territorial (POVT), enquadrada no eixo prioritário “Redes Estruturais Nacionais e Equipamentos para os Transportes Sustentáveis e a Mobilidade”, tendo a Comissão Europeia anunciado a sua aprovação a 27 de outubro.

Conforme explicou à Lusa José Luís Cacho, presidente da Administração do Porto de Aveiro, trata-se de um investimento de relevo para a atividade portuária porque "atualmente, as máquinas elétricas deixam os comboios em Cacia e o resto do percurso até ao Porto de Aveiro é feito com uma máquina a Diesel".

O movimento ferroviário foi um dos grandes impulsionadores do Porto de Aveiro, que em 2013 registou 613 mil toneladas de mercadorias movimentadas pela ferrovia e a administração portuária prevê que 2014 feche com um crescimento de 20% nas mercadorias que utilizam a ferrovia para entrar e sair do porto.

LUSA