Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

POR VÍTOR CALDEIRINHA

Porto de Setúbal: Capacidade disponível para contentores na região de Lisboa

Setúbal é já hoje uma alternativa construída com capacidade disponível para as próximos décadas na região de Lisboa, que o Governo não tem esquecido de mencionar como alternativa e incluiu no PETI para investimento nos acessos. Uma alternativa real e com crescente utilização, com cada vez mais contentores e linhas de navegação.

Este ano pode atingir os 100 mil contentores equivalentes (TEU). Quando se considera a oferta portuária disponível na região de Lisboa para o Shortsea de contentores, deve ser considerada a oferta do porto de Setúbal. Por vezes verifica-se o lapso de não considerar toda a oferta existente na região. Por vezes por desconhecimento.

Mas não a considerar, é desconsiderar um dos maiores terminais de contentores existentes no país, construídos com um investimento reduzido, com apoios comunitários, que ainda tem imensa capacidade até cerca de 500 mil Contentores, podendo servir a região de Lisboa nas próximas décadas no Shortsea shipping. Não a considerar, pode levar a erros de cálculo nas capacidades de oferta da região e nos mercados alvo, ou pode mesmo levar a custos desnecessários para os clientes e cadeias logísticas.

Pode levar a conclusões erradas no encaminhamento das mercadorias, com custos logísticos ou de espera a mais para as cargas ou a investimentos não devidamente rentabilizados. É um investimento publico low cost de que importa ver maximizada a sua utilização e rentabilização.

Não a considerar é ignorar a vasta e simples capacidade de expansão low cost até 2,5 milhões de contentores para Shortsea. É muito importante ter um terminal fundado a -15m com um custo de apenas de 25 milhões com capacidade para movimentar 500 mil contentores no Shortsea. O custo da Infraestrutura por contentor é uma questão fundamental à eficiência dos portos Shortsea. Daqui a sua importância crescente. Outra será a maximização do seu uso. E os clientes que experimentam o porto de Setúbal estão em geral muito satisfeitos. Vale a pena experimentar.

Apesar das barreiras psicológicas que a serra da Arrábida pode trazer ao esconder o porto de Setúbal, um porto que está a apenas 30 km da capital portuguesa, novas cadeias logísticas têm vindo a conhecer com entusiasmo o porto de Setúbal e o seu terminal de contentores com um serviço de excelência, onde a comunidade e os trabalhadores portuários têm objectivos comuns de estabilidade e produtividade, visando o crescimento, desenvolvimento económico e emprego na região.

fonte