Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Renfe Mercancías visita o Porto de Sines

Responsáveis da área de transporte ferroviário de contentores da Renfe Mercancías estiveram no Porto de Sines com o objetivo de visitar os terminais portuários e as respetivas interfaces ferroviárias. A visita foi organizada pela CPCarga e teve um especial enfoque no movimento de contentores no Terminal XXI, cujo tráfego de inland utiliza em mais de 90% o transporte ferroviário.

Os referidos operadores de transporte ferroviário são parceiros de referência para o processo de desenvolvimento do Porto de Sines, desempenhando um papel fundamental na extensão do porto no hinterland ibérico, pois permitem aos operadores logísticos estabelecerem cadeias de transporte intermodais regulares e mais amigas do ambiente.

A importância da melhoria da rede ferroviária para Espanha, os níveis de crescimento do Porto de Sines nos contentores e a expansão do Terminal XXI foram temas que mereceram uma especial atenção da Renfe, que, em parceria com a CPCarga, podem oferecer novas soluções de transporte ibéricas muito interessantes.

O novo módulo ferroviário da Janela Única Portuária mereceu também um papel de destaque, pois a interoperabilidade informacional entre o transporte marítimo, os terminais portuários, o transporte ferroviário e os portos secos no hinterland, é um especto da maior importância para a competitividade e a transparência das cadeias logísticas que utilizam o porto.

Recorde-se que em 2013 foram realizados mais de 4000 comboios de carga de e para os navios e o índice de crescimento continua a verificar-se durante o corrente ano de 2014. A MSC é a principal entidade que encomenda a realização de comboios com o objetivo de oferecer soluções integradas para os importadores e exportadores.