Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

FMI

Custos portuários entre os «desafios enraizados» a ultrapassar

Subir Lall, chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Portugal, colocou os elevados custos portuários entre os "desafios enraizados" no país que têm que ser ultrapassados para que Portugal possa recuperar.

Em entrevista ao jornal britânico 'Financial Times', Subir Lall (na foto) salientou que Portugal terá de ultrapassar os "desafios enraizados": a alavancagem bancária, os elevados custos dos portos e da energia, a ineficiência do serviço público, a lentidão do sistema judicial e a pouca flexibilidade do mercado de trabalho.

Na mesma entrevista, o responsável do FMI referiu ainda que a saída da Troika não significará o fim do ajustamento, acrescentando que a economia portuguesa precisa entre dez a 15 anos para recuperar.

"Mudar a forma como a economia responde e ultrapassar a inércia requer um esforço continuado e terá de ser feito, independentemente de qual o partido político que estiver no poder", vincou.

Por fim, Subir Lall considerou "assombroso" o ajustamento orçamental já alcançado em Portugal, garantindo que a consolidação que será feita em 2014 e 2015 será "mais gentil".

fonte

VEJA UMA PLAYLIST COM DEZENAS DE VÍDEOS DO LOBITO, CATUMBELA E BENGUELA, CLICANDO NA IMAGEM

Lobito 2013 NO FACEBOOK - CENTENAS DE FOTOS E VÍDEOS