Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE SETÚBAL

APSS requalifica Terminal Multiusos Zona 1 do Porto de Setúbal

A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA lançou uma empreitada, que se encontra em fase de análise de propostas, para a obra de recarga com betão betuminoso em pavimentos no arruamento do Terminal Multiusos Zona 1, concessionado à Tersado. A intervenção insere-se no plano de requalificação do terminal.

O Terminal Multiusos Zona 1 destina-se à movimentação de carga geral fracionada, ro-ro, granéis sólidos e contentores. Tem uma frente cais de 864 metros de comprimento, com fundos de -9,5 metros (ZH) numa extensão de 170 metros e fundos de -10,5 metros (ZH) numa extensão de 694 metros, tem cinco postos de acostagem, uma rampa ro-ro de 30 metros de largura e áreas de armazenagem de 2 100 m2 a coberto e 102 000 m2 a descoberto. Dispõe de um ramal ferroviário no seu interior e assegura ligações diretas sem constrangimentos às principais redes rodoviárias e ferroviárias nacionais e internacionais.

Movimenta, anualmente, uma média de cerca de 1,5 milhões de toneladas de mercadorias, destacando-se a carga geral fracionada, com os produtos metalúrgicos e cimento, e os granéis sólidos, com a madeira em estilha e outros seus derivados.